Destaques da semana
Caso Victor Aguiar: Acusado de ter atirado em empresário é solto pela Justiça

Caso Victor Aguiar: Acusado de ter atirado em empresário é solto pela Justiça

Teixeira de Freitas: Nesta noite de quinta-feira, 04 de fevereiro, o jovem Renilton Prachedes Rodrigues, 20 anos de idade, foi solto, por força de um relaxamento de prisão, expedido ...

Ler mais

Caravelas já está em clima de carnaval

Caravelas já está em clima de carnaval

Foi realizado na última quarta-feira (03), o tradicional jogo de futsal entre as Bibas o e o bloco No Stres, e o placar terminou em 5 a 4, respectivamente. A ...

Ler mais

Conta de luz fica mais barata a partir de março

Conta de luz fica mais barata a partir de março

O governo decidiu hoje (3) desligar as usinas térmicas com custo de geração acima de R$ 420 por megawatt-hora (MWh). A decisão vai permitir que, a partir do mês que ...

Ler mais

Teixeira: 24ª CIRETRAN mudará sua sede para o Loteamento Nanuque

Teixeira: 24ª CIRETRAN mudará sua sede para o Loteamento Nanuque

A Coordenadora da 24ª Ciretran,Tatiane Ruas informou que em breve o departamento mudará de endereço. Essa foi uma decisão do Governador Rui Costa, que inclusive já assinou na presença do ...

Ler mais

OAB vai ao STF contra aposentadoria vitalícia de ex-governadores da Bahia

OAB vai ao STF contra aposentadoria vitalícia de ex-governadores da Bahia

O Plenário da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) decidiu, por unanimidade, ingressar no Supremo Tribunal Federal (STF) com uma Ação Direta de Inconstitucionalidade contra o benefício vitalício pago pela ...

Ler mais

Body Fitness

Veja as regras do projeto que amplia para 20 dias a licença-paternidade

paiAs empresas vão poder ampliar de 5 para 20 dias a duração da licença-paternidade, segundo um projeto aprovado pelo Senado na quarta-feira (3). Para entrar em vigor, o texto ainda precisa ser sancionado pela presidente Dilma Rousseff.A nova regra faz parte do projeto que institui o marco legal da infância, que trata de políticas públicas para crianças de até seis anos de idade. Entre outros pontos, ele estabelece que as gestantes têm de receber apoio da União, dos estados e dos municípios durante toda a gravidez.

O que muda nas regras da licença-paternidade?

O texto propõe que a licença paternidade tenha mais 15 dias, além dos cinco hoje estabelecidos por lei. A regra só vale para os funcionários das empresas que fazem parte do Programa Empresa Cidadã, que já estende a licença-maternidade de quatro para seis meses.

A licença de 20 dias já está em vigor?

Não. Ela foi aprovada pelo Senado e ainda precisa ser sancionada pela presidente Dilma Rousseff em forma de lei.

A licença-paternidade de 20 dias será obrigatória?

Não. Só valerá para as empresas que aderirem ao Programa Empresa Cidadã, regulamentado pelo governo em 2010. Esse programa já possibilita ampliar o prazo da licença-maternidade das trabalhadoras do setor privado de quatro para até seis meses. Antes de 2010, a extensão do benefício só existia para funcionárias públicas.

Quem terá direito a esta licença?

Segundo o texto do projeto enviado ao Senado, pode pedir o benefício o funcionário da empresa que aderir ao programa, desde que até dois dias úteis após o parto e comprovada a participação do pai em programa ou atividade de orientação sobre paternidade responsável. O texto não especifica quais programas são estes.

As novas regras vão valer para pais de filhos adotivos?

Sim. A prorrogação da licença também valerá para os empregados que tiverem guarda judicial para adoção.

O pai que tirar a licença receberá todo o salário?

Sim. O texto do projeto enviado ao Senado diz que “o empregado terá direito a sua remuneração integral”, assim como a mãe em licença-maternidade.

Qual o benefício para a empresa que optar pela licença prorrogada?

O programa permite a empresa deduzir dos impostos federais o total da remuneração do funcionário nos dias de prorrogação da licença-paternidade, como já ocorre com os dois meses extras de licença-maternidade. A regra só vale para as empresas que têm tributação sobre lucro real.

Qual a obrigação do pai que tirar a licença de 20 dias?

Segundo o projeto, no período da licença, os pais e as mães não podem exercer qualquer atividade remunerada e a criança tem de ser mantida sob os cuidados deles. Se essa regra for descumprida, os funcionários perdem o direito à prorrogação.

Como as empresas podem aderir ao programa que prorroga a licença?

Segundo o Fisco, é preciso fazer o pedido de adesão exclusivamente na página da Secretaria da Receita Federal do Brasil (RFB) na internet. O acesso pode ser feito por um código de acesso, a ser obtido no site da Receita, ou por um certificado digital válido.

Projeto fomenta desenvolvimento do setor de moda no Extremo Sul

cont contra conn

Teixeira de Freitas - Com a proposta de promover competitividade e desenvolvimento, além de fortalecer o setor de roupas, calçados e acessórios, foi assinado, nesta quinta-feira, 4, a contratualização do projeto Varejo de Moda. A iniciativa vai contemplar empresários do setor em Teixeira de Freitas e Eunápolis, no Extremo Sul baiano, entre fevereiro de 2016 e dezembro de 2019, com ações de mercado, gestão, inovação e acesso ao crédito. A assinatura aconteceu na Unidade do Sebrae em Teixeira de Freitas.

O gerente regional do Sebrae Alex Brito lembrou que o projeto nasce com um referencial de um trabalho já iniciado e com bons resultados em 2015. “No ano passado, a criação do núcleo de moda e as ações realizadas no projeto impactaram no aumento do faturamento do setor”, afirmou. Além disso, Alex citou a criação do Mega Bazzar e as missões empresariais a eventos nacionais da moda como o Minas Trend e o São Paulo Fashion Week. “O objetivo agora é ampliar e melhorar as ações com a segunda edição “, frisou.

A empresária Vera Fontini, dona de uma boutique, participou do evento e fez questão de ressaltar a importância da iniciativa. “O projeto nos ensinou a melhorar a gestão e esperamos continuar recebendo apoio para sabermos onde estão os erros e como consertá-los”, disse.

Diagnóstico

Para um conhecimento mais aprofundado dos resultados, será aplicado o Plano de Melhoria de Desenvolvimento Empresarial (Mede), que tem a função de mensurar dados para desenvolver estratégias e obter melhores resultados. Assim, o primeiro passo do projeto Varejo de Moda será um diagnóstico nas empresas participantes e o acompanhamento das mesmas até a conclusão das ações, em 2019, sempre com foco na solução dos gargalos e aprimoramento da gestão.

O projeto é realizado pelo Sebrae em parceria com a Secretaria Municipal de Indústria, Comércio e Turismo, Câmara de Dirigentes Lojistas, Sindicato do Comércio de Teixeira de Freitas e Associação Comercial e Empresarial de Teixeira de Freitas .

Outras informações sobre o projeto Varejo de Moda podem ser obtidas no Sebrae em Teixeira de Freitas, que fica na Avenida Getúlio Vargas 3986, Centro, ou ainda pelo telefone 73 3291-4333.

Prefeitura investe em maquinários para deixar a cidade mais limpa

varredeiraA Prefeitura de Teixeira de Freitas investiu em mais duas varredeiras, equipamentos que auxiliam na limpeza da cidade, sobretudo na remoção de areia em asfalto, ação que aumenta também a segurança no trânsito, especialmente, para os ciclistas e motociclistas. Além disso, a Prefeitura, em parceria com a sociedade civil, tem investido em alternativas criativas para evitar acúmulo de entulhos.

A preocupação da Prefeitura com a limpeza pública tem sido constante. No início do atual mandato, doutor João Bosco organizou com sua equipe um mutirão de limpeza. “A manutenção da limpeza é um sinal de respeito com o cidadão, mas é preciso que todos, do poder público e da sociedade civil, estejam juntos nessa missão”, disse doutor João.

A Secretaria de Serviços Extraordinários, responsável pela limpeza pública no município, trabalha com as duas varredeiras em sistema de escala por turnos, sendo que nos lugares em que há maior movimento de veículos durante o dia, as máquinas só passarão à noite. A tecnologia do maquinário permite a limpeza sem espalhar poeira.

“As varredeiras aumentam nossa abrangência de serviços, já que o trabalho que antes era feito só com a equipe de servidores, agora ganhou reforço. Enquanto as máquinas estão na Getúlio Vargas, por exemplo, nossas equipes estão divididas nos bairros residenciais”, exemplificou o Secretário de Serviços Extraordinários Cláudio Guaraná.

Um bom exemplo da parceria entre a Prefeitura e a Sociedade Civil é a atividade de reutilização de pneus no Bairro Jardim dos Pássaros, Urbis, em que os pneus que estavam jogados, aumentando as chances de proliferação do mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya; foram recolhidos pela Prefeitura e organizados pela Associação de Moradores, usados para jardinagem, trabalho idealizado pelos próprios cidadãos.

Ações de prevenção e conscientização como essa desenvolvida na Urbis contribuíram para a redução de 90% dos casos de dengue no município, em comparação com casos confirmados entre 2013 e 2015.

Caravelas já está em clima de carnaval

cc1Foi realizado na última quarta-feira (03), o tradicional jogo de futsal entre as Bibas o e o bloco No Stres, e o placar terminou em 5 a 4, respectivamente. A 14ª partida foi disputada na quadra poliesportiva da praça de alimentação, no centro de Caravelas. Antes do início jogo, houve a apresentação do grupo de dança Swing Baiano.

Um grande público compareceu e prestigiou o evento, que depois se transformou em um arrastão carnavalesco puxado pelo mini trio da Vibrason pelas ruas do centro histórico, onde será realizado o carnaval a partir de hoje (04), às 22h, após a escolha da Rainha e do Rei Momo 2016.

A escolha do Rei Momo será na praça de alimentação ás 12h, quando haverá uma disputa de degustação de massa entre os candidatos. Já a escolha da Rainha do carnaval 2016 acontece ás 22h, no palco montado na praça da rodoviária, e ás 23h terá início oficial o Carnaval 2016. Destaque para apresentação da banda Ciclone e em seguida, para fechar a noite de quinta-feira, haverá apresentação da Maimbanda.

O prefeito, Jadson Ruas, pesando na segurança dos foliões e da população em geral, repete a instalação do monitoramento de câmeras em todo circuito do carnaval, além de centenas do Policias Militares, Policia Civil, Caema e Guarda Municipal, além de funcionários lotados nas Secretarias de Turismo, Cultura, Saúde e Obras, que estarão auxiliando os trabalhos durante a realização do evento carnavalesco.

Conta de luz fica mais barata a partir de março

conta de luzO governo decidiu hoje (3) desligar as usinas térmicas com custo de geração acima de R$ 420 por megawatt-hora (MWh). A decisão vai permitir que, a partir do mês que vem, seja adotada a bandeira amarela no sistema de bandeiras tarifárias, o que significa acréscimo de R$ 1,5 a cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos. Atualmente, a bandeira aplicada é a vermelha, patamar 1, com acréscimo de R$ 3 a cada 100 kWh.

A decisão tomada nesta quarta-feira pelo Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico (CMSE) permite o desligamento de sete usinas térmicas com capacidade de geração de cerca de 2 mil megawatts em geração térmica a partir de março.

Segundo o ministro de Minas e Energia, Eduardo Braga, a medida vai permitir uma redução do custo do setor elétrico de R$ 720 milhões por mês em 2016. Ele disse que é possível ser adotada em abril a bandeira verde, na qual não é cobrado nenhum adicional na conta de luz. “Ainda não é prudente anunciar a bandeira verde para abril, mas todos os estudos mostram que essa é uma possibilidade real”, afirmou.

O ministro destacou que todas as decisões estão sendo tomadas de forma prudente. “Essa decisão é absolutamente segura para que possamos chegar em novembro com uma capacidade de armazenamento de energia bem melhor do que aconteceu em novembro de 2015.”

Segundo Braga, a queda da tarifa neste ano deve ser de pelo menos 7% , levando em conta também a redução do valor da Conta de Desenvolvimento Energético, aprovada ontem (2) pela Aneel.

Em agosto, o CMSE já tinha determinado o desligamento de usinas térmicas com custo de geração acima de R$ 600 MWh. A medida permitiu que a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) reduzisse o valor da bandeira tarifária vermelha de R$ 5,50 para R$ 4,50 para cada100 quilowatts-hora consumidos. Recentemente, a Aneel criou um novo patamar de bandeira tarifária vermelha, que custa R$ 3 para cada 100 kWh.

A decisão foi tomada após análise do comitê de que a situação dos reservatórios das hidrelétricas está mais favorável. De acordo com dados do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), o nível dos reservatórios do Subsistema Sudeste/Centro-Oeste, que é responsável por cerca de 70% do armazenamento de água para geração de energia no país, está em 45% atualmente. Em fevereiro do ano passado, o nível estava em 20,5%. Segundo O CMSE, o risco de déficit de energia no país é zero nos subsistemas analisados.

Com a falta de chuvas registrada nos últimos anos, o governo vem mantendo a maior parte das usinas termelétricas acionadas para garantir que não falte energia para o país. Sem água nos reservatórios, as usinas hidrelétricas não conseguem gerar toda energia possível, e pode haver desabastecimento. No entanto, a energia térmica é mais poluente e mais cara que a gerada por hidrelétricas, e o custo acaba sendo repassado para os consumidores.

O Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico foi criado em 2004 para acompanhar a continuidade e a segurança do suprimento de energia no país. Participam do grupo representantes de órgãos como o Ministério de Minas e Energia, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), o Operador Nacional do Sistema Elétrico, a Empresa de Pesquisa Energética (EPE), a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) e a Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE).

Caso Victor Aguiar: Acusado de ter atirado em empresário é solto pela Justiça

acusado de matar victor victorTeixeira de Freitas: Nesta noite de quinta-feira, 04 de fevereiro, o jovem Renilton Prachedes Rodrigues, 20 anos de idade, foi solto, por força de um relaxamento de prisão, expedido pelo Doutor Humberto José Marçal, Juiz de Direito Substituto da Comarca Criminal de Teixeira de Freitas. Renilton, que mora ao lado da residência onde ocorreu o crime, é acusado de ser o autor do tiro que matou o empresário Victor Aguiar, no dia 19 de dezembro.

O acusado estava preso desde o dia 22 de dezembro. Ainda não se tem maiores detalhes sobre as razões, mas, tudo indica que tenha sido um pedido da defesa de Renilton. O jovem estava preso na sede da Delegacia de Polícia Civil de Teixeira de Freitas, e após a prisão, participou de duas reproduções simuladas do crime, sendo a primeira, motivo de muitas críticas devido aos trabalhos técnicos afirmarem que o jovem não seria o autor do crime.

O caso virou tema e motivo de discussões em todo o Estado e teve repercussão nacional. Alguns questionam o “aparato do Estado”, que foi montado acerca do caso, outros, a falta de provas contra o jovem, e o fator principal “onde está a arma do crime?”. A liberação do jovem foi um pedido do advogado de defesa, que deve ter se baseado principalmente na falta de provas contundentes que incrimine o acusado Renilton.

O relaxamento foi concedido pelo Judiciário e, assim, o jovem responderá em liberdade pelo crime, que ele nega veemente, dizendo até que apanhou para assumi-lo. (Por: Rafael Vedra/Liberdadenews)

Creches e Escolas de Educação infantil recebem brinquedos

brinquedos educação brinquedosA Prefeitura de Teixeira de Freitas fez um grande investimento em materiais didáticos e lúdicos para a Rede Municipal de Ensino, que iniciou o ano letivo no dia 1º de fevereiro. A entrega dos jogos e brinquedos para as creches e Escolas de Educação Infantil, continuou durante a manhã de hoje, 04, e chegou ao Centro Municipal de Educação Infantil, modelo Proinfância, no Bairro Jerusalém e em outras unidades, como a Prof. Delci Rodrigues, no Santa Rita.

No momento da entrega, a diretora e as professoras comemoraram, “nossas crianças vão amar”, mencionou a diretora Marilza Santos da Escola Prof. Delci. Afinal, Brincar é fundamental para o desenvolvimento infantil. “Quando brincam, as crianças se preparam para enfrentar o mundo”, disse o prefeito, doutor João, ao falar do investimento em brinquedos e jogos. “Fazemos parte de um governo que trabalha para cuidar das pessoas. É isso que estamos fazendo”, arrematou o Secretário de Educação Ariosvaldo A. Gomes.

Quando brincam, meninos e meninas exercitam e melhoram suas capacidades emocionais, intelectuais, motoras e sociais. De acordo com o Portal Educar Para Crescer, a fantasia da brincadeira permite, por exemplo, que a criança experimente novos sentimentos, reproduza situações vividas em seu cotidiano e faça, assim, um treino para a vida adulta. Ao brincar, ela desenvolve o corpo e coloca em prática de forma despretensiosa o conteúdo escolar.

“Brincando as crianças entram em contato com os objetos, as diferentes cores, texturas, formas, tamanhos e sons. Ao manejá-los fazem tentativas, erros e acertos, aprendem sobre a função de cada um, ao mesmo tempo em que a transformam”, explicou a coordenadora do núcleo de apoio pedagógico à Educação Infantil da Rede, Kézia Duarte.

Bancos fecham na segunda e só reabrem ao meio-dia de quarta-feira

incedio bancoAs agência bancárias fecham para atendimento ao público na próxima segunda-feira, 8 de fevereiro e terça-feira, 9 de Carnaval.

O atendimento será retomado a partir do meio-dia da Quarta-feira de Cinzas, 10. De acordo com a Federação Brasileira dos Bancos (Fenaban), os canais eletrônicos e correspondentes para pagamento de contas estarão disponíveis para a população no período de fechamento das agências.

O pagamento das contas com código de barras nos caixas eletrônicos também poderão ser agendados no internet banking ou pelo atendimento telefônico do banco.

Já as conta de água, energia, telefone e carnês que tiverem os dias 8 ou 9 como data de vencimento poderão ser pagas no primeiro dia útil após o feriado, sem acréscimo.

Teixeira: 24ª CIRETRAN mudará sua sede para o Loteamento Nanuque

detran tatiane ruasA Coordenadora da 24ª Ciretran,Tatiane Ruas informou que em breve o departamento mudará de endereço. Essa foi uma decisão do Governador Rui Costa, que inclusive já assinou na presença do prefeito João Bosco Bittencourt (PT), do diretor-geral do DETRAN, Maurício Bacelar e do secretário de Relações Institucionais, Josias Gomes, no início da noite desta terça-feira (02), a autorização da mudança.

Em maio de 2014 foram anunciadas as mudanças. A infraestrutura será capaz de atender com mais comodidade o usuário. O terreno de 4.500 m², sendo 520 m² de área construída, tudo está pronto para que a 24 ª Ciretran funcione a contento dos mais de 150 mil habitantes da cidade e tantos outros de municípios que compõem o Baixo Extremo Sul. As novas e modernas instalações têm almoxarifado, vários banheiros sociais, copa, área de vistoria e pátio isolados, dando maior mobilidade e comodidade ao usuário.

De acordo Tatiane Ruas, a 24ª Ciretran, atualmente, funciona em espaço alugado. O local não oferece condições adequadas de funcionamento, carente de conforto para funcionários e usuários, e uma instalação defasada do ponto de vista infraestrutural e tecnológico. A nova sede já está pronta no Loteamento Nanuque.

Para a diretora regional da 24ª Ciretran de Teixeira de Freitas, Tatiane Ruas, dentre uns 40 dias já estará em pleno funcionamento o novo espaço. “Acredito que a mudança seja para o mais breve possível, e trará melhor condição de trabalho e de atendimento e, já que a nova sede é moderna, tem espaço para todos os serviços e proporcionará mais conforto ao usuário dos 10 municípios da circunscrição”. Explica.

Nossa equipe esteve no Loteamento, na nova sede e foi confirmado que o espaço é do próprio loteamento e será alugado para a Ciretran. (Por: Mirian Ferreira/Liberdadenews)

OAB vai ao STF contra aposentadoria vitalícia de ex-governadores da Bahia

stfO Plenário da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) decidiu, por unanimidade, ingressar no Supremo Tribunal Federal (STF) com uma Ação Direta de Inconstitucionalidade contra o benefício vitalício pago pela Bahia a seus ex-governadores.

Segundo o presidente da OAB Claudio Lamachia, o objetivo da ação é suspender o pagamento dos benefícios, mas não a devolução dos valores já recebidos. “A OAB entende que o mandato é transitório, não sendo admissível privilégios vitalícios a partir dele”, afirma o presidente nacional da Ordem dos Advogados do Brasil.

O questionamento sobre a aposentadoria vitalícia dos ex-mandatários do Executivo baiano foi levado ao plenário da Ordem nesta segunda-feira, 1.

A autorização para o pagamento foi aprovada em 2014 pela Assembleia Legislativa da Bahia como Emenda à Constituição do Estado.

Teixeira: Rede municipal de ensino ainda tem 900 vagas

vagas escolas1Ainda restam 980 vagas na rede municipal de ensino, desde o infantil IV, para crianças a partir de 4 anos, até o 9º ano do ensino fundamental. Os interessados poderão requerer a matrícula até o fim do mês de fevereiro. É importante lembrar que as aulas do município começaram nesta segunda-feira, dia 1º de fevereiro.

Fique atento às unidades com vaga disponíveis:

• ESCOLA MUNICIPAL ALCENOR ALVES BARBOSA-  Rua Júlio Martins, s/n – Castelinho.

• ESCOLA MUNICIPAL AMIGOS DA NATUREZA- Rua Armênia, 70 – Liberdade

• ESCOLA MUNICIPAL AMIGOS DE ARACRUZ- Rua Coréia do Sul, 31 – Liberdade

• ESCOLA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO INFANTIL ANA MARIA MACHADO- Rua Rio Negro, 247 – Monte Castelo

• ESCOLA MUNICIPAL BELA VISTA- Rua Itália, 588 – Bela Vista

• PRIMEIRA ESCOLA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO INTEGRAL BOM PASTOR- Av. Bernardino Figueiredo, 615 – Residencial dos Pioneiros

• ESCOLA MUNICIPAL FILHOS DE SIÃO-  Rua Nilo Peçanha, 203 – Centro

• ESCOLA MUNICIPAL PROFESSORA GENI ABUTRABE GUERRA PESSOA- Rua Rachel de Queiroz, S/N – Colina Verde

• ESCOLA MUNICIPAL GILBERTO DA SILVA CARDOSO- Rua Da Juventude, S/N – Monte Castelo

• ESCOLA MUNICIPAL IRMÃ DULCE- Rua Sucupira, 121 – Irmã Dulce

• ESCOLA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO INFANTIL JARDIM CARAIPE- Rua Moacir Siqueira, 76 – Jardim Caraípe

• ESCOLA MUNICIPAL JOAQUIM JOSÉ DE ALMEIDA - Rua Israel, S/N – Ulisses Guimarães

• ESCOLA MUNICIPAL MANOEL CARDOSO NETO-  Rua Ipiranga, 26 – Centro

• ESCOLA MUNICIPAL PROFESSORA MARCELA NOLASCO VENÉZIA-  Rua José Moura, 150 – Vila Vargas

• ESCOLA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO INFANTIL NOSSA SENHORA MEDIANEIRA-  Av. Uirapuru, 1248 – Bairro Bela Vista

• ESCOLA MUNICIPAL PROFESSOR PAULO FREIRE-  Rua Luis Antônio de Oliveira, 729 – São Lourenço

• ESCOLA MUNICIPAL EDUCANDÁRIO PAZ E BEM- Rua Vaticano, 70 – Ulisses Guimarães

• ESCOLA MUNICIPAL ROTARY CLUB-  Rua Suíça, 100 – Jardim Europa

 • ESCOLA MUNICIPAL SÃO GERALDO-  Rua Editorial, 70 – Tancredo Neves

• ESCOLA MUNICIPAL VILA VARGAS- Rua da Lapa, 97 – Vila Vargas

Brasil sonega amostras de zika para pesquisa no exterior, dizem cientistas

genekam_zikaO Brasil não está compartilhando amostras e dados o suficiente sobre o zika para permitir que pesquisadores determinem se o vírus está realmente por trás dos casos de microcefalia, afirmam autoridades dos EUA e da Organização das Nações Unidas (ONU).

A falta de dados está forçando laboratórios americanos e europeus a trabalharem com amostras de surtos anteriores e está frustrando esforços para desenvolver testes diagnósticos, drogas e vacinas. Cientistas afirmam que não são capazes de acompanhar a evolução do vírus.

Um dos principais problemas parece ser a legislação brasileira. No momento, é tecnicamente ilegal para pesquisadores e institutos brasileiros compartilhar material genético, incluindo amostras de sangue contendo zika e outros vírus.

“É um assunto muito delicado, esse compartilhamento de amostras”, afirmou Marcos Espinal, diretor de doenças comunicáveis da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Espinal afirma que o problema deve ser resolvido por meio de discussões entre os presidentes dos EUA e do Brasil. Ele afirma que o papel da OMS é majoritariamente o de estimular países a compartilharem. Segundo ele, porém, é provável que o Brasil tenha providenciado menos de 20 amostras até agora para colaboradores fora do país.

“Não é possível deixar isso para ser resolvido depois”, ele afirmou. “Esperar é sempre arriscado durante uma emergência.”

Mesmo quando queremos mandar esse material [amostras do vírus] para o exterior, não podemos, porque é considerado um crime”

Bioburocracia

Em maio de 2015, quando os primeiros casos de zika estava emergindo no Brasil, a presidente Dilma Rousseff sancionou uma nova lei para organizar como pesquisadores usam os recursos genéticos do país. Mas o arcabouço legal não foi regulamentado ainda, deixando cientistas em um limbo jurídico.

“Até que a lei seja implementada, somos legalmente proibidos de enviar amostras para fora”, afirmou Paulo Gadelha, presidente da Fundação Oswaldo Cruz, um dos maiores centros de pesquisa em doenças tropicais no país. “Mesmo quando queremos mandar esse material para o exterior, não podemos, porque é considerado um crime.”

A proibição não necessariamente significa que pesquisadores estrangeiros não possam ter acesso a amostras. Algumas foram compartilhadas com os EUA, incluindo amostras de tecido de dois recém-nascidos que morreram e dois fetos recentemente examinados pelos Centros de Controle e Prevenção dos EUA (CDC).

Mas uma autoridade americana afirmou que isso não é suficiente para desenvolver testes precisos para o vírus ou determinar se o zika está de fato por trás do recente aumento no número de casos de defeitos congênitos. O fenômeno fez a OMS declarar o vírus uma emergência internacional na segunda-feira (1º).

‘Contrabando’ de amostras

Dada a escassez de amostras brasileiras, autoridades sanitárias ao redor do mundo estão recorrendo a cepas (linhagens) antigas do vírus – ou discretamente obtendo-as de pacientes por meio de instituições privadas.

Um funcionário de saúde dos EUA que concedeu entrevista sob anonimato afirma que os CDC estão trabalhando com uma linhagem de zika de um surto de 2013 na Polinésia francesa para aperfeiçoar seus testes. Pesquisadores americanos tentando sequenciar o código genético do zika se viram obrigados a trabalhar com amostras de vírus de Porto Rico pela mesma razão.

Na Inglaterra, pesquisadores estão usando amostras obtidas na Micronésia, no Pacífico, onde ocorreu um surto em 2007. Os franceses estão usando amostras da Polinésia e da Martinica. Na Espanha, cientistas obtiveram uma linhagem de Uganda, por intermédio dos EUA.

Nem mesmo Portugal, país que compartilha laços históricos com o Brasil, não possui cepas brasileiras do vírus. O Instituto Nacional de Saúde em Lisboa afirma que seus testes são baseados em uma cepa obtida dos EUA nos anos 1980, ente outras.

Alguns pesquisadores estão contornando a burocracia brasileira ao obter amostras enviadas a eles por laboratórios de diagnósticos privados, afirma Jonas Schmidt-Chanasit, especialista em doenças transmitidas por mosquitos no Instituto Bernard Nocht de Medicina Tropical em Hamburgo, Alemanha.

“É quase impossível conseguir amostras do país”, diz. “Elas não estão vindo por canais governamentais oficiais. Nossa única fonte são pessoas ricas que querem um diagnóstico.”

Condenação pública

Em público, autoridades sanitárias têm elogiado o clima de colaboração. A diretora-geral da OMS, Margaret Chan, afirmou na segunda-feira que o Brasil e o EUA estavam trabalhando “muito de perto” nos estudos. Quando questionado sobre o compartilhamento de amostras, Anthony Fauci, diretor do Instituto Nacional de Doenças Alergênicas e Infecciosas dos EUA (NIAID), disse: “Não acho que seja um problema”.

Nos bastidores, a história é outra.

Quatro autoridades da OMS, concedendo entrevista sob anonimato, afirmaram que o Brasil não está passando informação atualizada suficiente a parceiros internacionais. “A OMS não obteve nada de lá, nenhuma descoberta clínica ou de laboratório”, afirmou um deles.

Ben Neuman, virologista da Universidade de Reading, na Inglaterra, afirma que milhares de amostras – ou ao menos centenas – são necessárias para rastrear o vírus e determinar como ele está se modificando. “A ciência só funciona quando compartilhamos”, disse.

“O problema de compartilhamento de vírus não está limitado ao Brasil”, afirma Gadelha, da Fiocruz. “Isso não é um problema unilateral, é global”, afirmou.

Mais de uma década atrás, a OMS enfrentou um problema similar quando a Indonésia se recusou a entregar amostras de gripe aviária, argumentando que cientistas ocidentais as usariam para fabricar drogas que o país não poderia adquirir.

Lawrence Gostin, diretor do Centro de Colaboração para Legislação Sanitária e Direitos Humanos da Universidade de Georgetown, em Washington, afirma que não há regras que obriguem governos a entregar vírus, tecidos ou informações biológicas. “Se países não compartilham, a única repercussão que enfrentam é a condenação pública”, diz.

Empresa aumenta competitividade com o Negócio a Negócio

capacitacao1Teixeira de Freitas – O empresário Romulo da Silva Teixeira, dono da Alfa Informática, em Medeiros Neto, no extremo sul da Bahia, descobriu há dois anos que o seu negócio poderia melhorar com a ajuda do Sebrae. Depois de seis anos de atividade, entre 2014 e 2015 ele aceitou as orientações de um agente do programa Negócio a Negócio e, desde então, tem aprendido como gerir melhor a sua empresa.

“Consegui aumentar o lucro liquido de 2014 para 2015, diminui as despesas, melhorei a comunicação interna através de reuniões periódicas, estipulei metas de vendas e serviços, adquiri maior controle de estoque, desenvolvi melhor relacionamento com os clientes, criei o plano de ação com metas e bonificações para os colaboradores e ainda pretendo aprender muito mais,” relatou Teixeira.

Para o gerente regional do Sebrae de Teixeira de Freitas, Alex Brito, o Negócio a Negócio é uma porta de entrada para a competitividade. “Através do caderno de ferramentas é possível que o empresário execute o passo a passo para uma empresa equilibrada, sem falar da consultoria que permite o esclarecimento de dúvidas e discussão de cenários”, frisa.

Não há mágica para levar o negócio ao progresso, mas uma boa orientação é necessária e importante para a tomada de decisões mais assertivas, conforme explica Romulo Teixeira.

“Através das ferramentas do programa a minha empresa encontrou uma melhor gestão para tomada de decisão e expansão das vendas e serviços de informática. Com orientação é mais fácil saber o que fazer e ser mais assertivo. Ainda tenho muito para aprender, pois futuramente pretendo registrar a marca”, afirma.

Negócio a Negócio

O Programa Negócio a Negócio orienta o empresário como adotar uma gestão de excelência, reduzir custos, ter maior controle financeiro, aumentar as vendas, se posicionar melhor no mercado. A ação é feita através de visitas dos agentes às empresas.

Para mais informações sobre o programa Negócio a Negócio, os interessados podem entrar em contato através do telefone do Sebrae em Teixeira de Freitas 73 3291-4333.

Contador, atuário e agrônomo estão entre profissões em alta, diz pesquisa

empregoApesar da crise, alguns segmentos do mercado continuam oferecendo oportunidades profissionais em 2016, segundo levantamento da Wyser, empresa especializada em recrutamento e seleção para média e alta gerência da multinacional italiana de recursos humanos Gi Group.qualificação

As áreas financeira, farmacêutica, agronegócios, comercial, tecnologia da informação continuam requisitando profissionais. Segundo avaliação da Wyser, em 2016, mais do que nunca, as empresas continuarão optando por profissionais resilientes, com capacidade de inovar e encontrar oportunidades de crescimento e, principalmente, gerar rentabilidade aos negócios mesmo com poucos recursos.

“Domínio do inglês ou outra língua estrangeira, especialização e flexibilidade para usar seus conhecimentos técnicos em outros segmentos são características bastante procuradas hoje por empresas”, diz Otávio Granha, gerente regional da Wyser do Norte, Nordeste e Sudeste.

No entanto, outros setores mais afetados pela crise, como a construção civil, mineração, indústrias pesada e naval e turismo, os profissionais terão mais dificuldade para encontrar uma oportunidade ao longo do ano. “Mas em alguns mercados, como turismo, um MBA ou pós-graduação pode contar pontos no cargo de gerência. Já para engenheiros, a consultoria de gestão é um campo a ser explorado”, diz Granha.

Veja profissões resistentes à crise:

Contador – É cada vez maior nas empresas a necessidade de corte de custos, análises contábeis/financeiras, cálculo de rentabilidade do negócio etc. Profissionais com inglês fluente e passagem por consultoria big four (as quatro maiores do mundo) serão bastante demandados.

Atuário – O mercado de seguros, consórcios e previdência privada é um dos que mais crescem no Brasil. Devido a poucos cursos de ciências atuariais no país, profissionais com sólida formação técnica e acadêmica nessa área serão muito demandados nos próximos anos.

Bioquímico/Farmacêutico – O mercado de Healthcare e Life Sciences é outro que vem apresentando crescimento constante no país. Indústrias farmacêuticas, laboratórios de pesquisa avançada e produtos de beleza e higiene pessoal demandam cada vez mais profissionais com essa formação.

Engenheiro Eletricista - Profissionais com essa formação podem atuar em empresas de energia renovável, telecomunicações e projetos de expansão de redes elétricas. Conhecimentos avançados de inglês e alemão são garantias de boas remunerações.

Agrônomo - Não há crise no agronegócio. O Brasil, como celeiro mundial e inovador em pesquisa agrícola fornece boas oportunidades, principalmente nas regiões Centro-Oeste, Triângulo Mineiro e interior de São Paulo.

Advogado - Profissionais especializados na área tributária são requisitados para trabalhos de consultoria, gerando ganhos consideráveis para as empresas. Também há uma grande demanda por profissionais especializados na área societária, de fusões e aquisições.

Engenheiro de Produção – Profissionais com experiência em consultoria de gestão, mapeamento, redesenho de processos e gestão de projetos têm sido necessários para fortes reestruturações nas grandes empresas.

Físico - Com grande capacidade analítica e quantitativa, muitos físicos têm sido contratados por empresas da área financeira, como hedge funds e mercado financeiro em geral.

Analista de Sistemas/Computação – Com crescimento do mercado de tecnologia da informação (TI), profissionais com experiência em programação e habilidades para desenvolver soluções são demandados em quantidade crescente.

Sociólogo – Pessoas com essa formação são cada vez mais utilizadas pelas empresas para pesquisas de mercado, análises quantitativas de clientes e comportamento do consumidor. A área de ciências políticas também demanda analistas de conjuntura nacional e internacional.

Veja profissões em baixa:

Engenheiro Mecânico – Há uma forte crise no Brasil no setor metal-mecânico. Além disso, o mercado de automação e mecatrônica também não apresenta forte crescimento.

Geofísico – A carreira está em baixa devido à falta de novos projetos de infraestrutura e mineração no país.

Jornalista – Com as rápidas mudanças na mídia e no setor editorial mundial, muitas reestruturações têm ocorrido, com consequente corte de pessoal.

Engenheiro Civil – As crises no cenário político econômico praticamente interromperam novos projetos de infraestrutura e construção no Brasil. Muitos profissionais que escolheram a carreira devido ao boom dos anos anteriores estão desempregados. Além disso, há excesso de oferta de mão de obra no mercado.

Engenheiro de Petróleo – Forte crise de confiança no governo, entraves políticos e falência de grandes players do setor afetaram a indústria de petróleo. É uma das carreiras que mais sente a queda do mercado.

Turismólogo - Antes chamado de “profissional do futuro”, o turismólogo tem sido preterido por candidatos com formação em administração. Um MBA ou pós-graduação em gestão pode ser o diferencial para cargos de gerência em grandes redes internacionais.

Engenheiro Metalúrgico – A desaceleração do crescimento da economia mundial, aliada à concorrência chinesa, tem causado forte crise na área. Empresas de metalurgia, siderurgia e refratários possuem perspectiva de fortes cortes de pessoal.

Geólogo – A crise no setor de mineração é uma das maiores do país. Dificuldades com o marco regulatório, queda de preços do minério e problemas ambientais têm causado uma quase paralisia nos investimentos.

Engenheiro Naval – A crise no setor de óleo e gás, aliada aos escândalos de corrupção nos grandes consórcios e estaleiros, praticamente estagnou a encomenda de embarcações de grande porte. Como alternativa à baixa demanda por profissionais, um mercado recomendado para esses profissionais é o de consultoria de gestão.

Engenharia Ambiental – A queda no número de projetos de obras públicas e de mineração está contribuindo na queda da demanda por projetos de licenciamento ambiental. Recentes acontecimentos, como desastre ambiental e crise hídrica, podem voltar a aquecer a necessidade de profissionais com essa formação.

A UNEB/Campus X realiza IV Semana de Matemática

ay ay2A Semana de Matemática da UNEB/Campus X é um evento que busca reunir pesquisadores da Educação Matemática, estudantes do curso de Licenciatura em Matemática e professores dos diversos níveis de ensino, com a finalidade de promover momentos de estudo, socialização, interação e reflexão acerca das questões inerentes ao ensino e aprendizagem da Matemática.

Para tanto, pretende-se nesta quarta edição discutir as práticas e saberes necessários para formação de professores que ensinam Matemática, bem como construir um espaço de diálogo que vislumbra dar visibilidade às ações realizadas no PIBID, no Estágio Supervisionado e em outras atividades desenvolvidas por licenciandos e professores que podem contribuir para o estreitamento entre a teoria e a prática nos processos de ensino e aprendizagem da Matemática.

A IV Semana de Matemática: Práticas e Saberes na Formação de Professores que Ensinam Matemática acontecerá nos dias 05 e 06 de maio de 2016. Acompanhe o cronograma através do site: www.matematica-dedcx.com.br

Corrida por vacina antizika já mobiliza setores acadêmico e farmacêutico

genekam_zikaMais uma vez o mundo clama para que cientistas e empresas farmacêuticas criem rapidamente uma vacina contra uma doença viral que, no caso mais recente, poucas pessoas tinham ouvido falar até algumas semanas atrás, e menos ainda temiam.

Em teoria, não deveria ser muito difícil produzir uma reação imunológica contra o zika vírus, que está se espalhando pelas Américas, mas criar um produto seguro, eficaz e de pronta entrega que proteja mulheres e meninas em risco não é fácil na prática.

Para começar, cientistas de todo o mundo sabem ainda menos sobre o zika do que sabiam sobre o vírus ebola, que causou uma epidemia jamais vista na África Ocidental no ano passado.

Devido ao seu alto índice de mortandade, o Ebola foi tema de pesquisas sobre bioterrorismo, o que forneceu pelo menos um argumento a favor da busca acelerada por uma vacina. Desta vez, o vácuo de conhecimento é mais preocupante.

Só há 30 menções ao zika em pedidos de patentes – são 1.043 para o Ebola e 2.551 para a dengue, de acordo com o Índice Mundial de Patentes Thomson Reuters Derwent. E só foram publicados 108 estudos de destaque sobre o Zika desde 2001, contra mais de quatro mil a respeito do ebola, como revela a plataforma digital de pesquisa Web of Science.

Ainda assim, o Instituto Nacional de Saúde dos Estados Unidos, a Agência de Saúde Pública do Canadá e o Instituto Butantan, em São Paulo, iniciaram trabalhos com candidatos em potencial a uma vacina para o Zika, e várias empresas de biotecnologia também estão no páreo.

Entre elas está a NewLink Genetics, que ajudou a desenvolver a primeira vacina bem-sucedida contra o ebola junto com a Merck.

Já há ao menos uma grande fabricante de vacinas: a Sanofi informou na terça-feira (1) que vai lançar um programa para criar uma vacina contra o zika, um dia depois de a Organização Mundial de Saúde (OMS) ter declarado a doença e seus supostos elos com má-formação cerebral de recém-nascidos uma emergência de saúde pública mundial.

A japonesa Takeda Pharmaceutical também disse, nesta quarta-feira (3), que montou uma equipe para investigar como pode ajudar a criar uma vacina, e a GlaxoSmithKline (GSK) está finalizando estudos de viabilidade para determinar se sua tecnologia de produção de vacinas pode servir.

A infecção do zika é tão amena que, na ampla maioria dos casos, suas vítimas não sabem estar infectadas, por isso é improvável que este grupo de pacientes em potencial precise ou queira ser imunizado.

O grupo alvo crucial são as mulheres que podem estar grávidas, já que a maior ameaça que se suspeita na doença é sua possível conexão com a microcefalia.

Programação detalhada do Carnaval 2016 de Prado

A Prefeitura do Prado divulgou a programação oficial do carnaval 2016. As atrações estão divulgadas detalhadamente para permitir ao folião acompanhar o melhor da festa que começa na próxima sexta-feira (05) e só termina na terça-feira (09).

As atrações se revezam num trio e num mini-trio. O formato da festa tem o estilo carnaval de raiz, que em 2015 completou 30 anos. Confira abaixo a programação detalhada:

Print

Confirmado pela prefeitura: Teixeira de Freitas terá voo direto para Salvador

azulDesde o segundo semestre de 2015, o prefeito João Bosco e o secretário de Turismo do Estado da Bahia, Nelson Pellegrino, estão providenciando os encaminhamentos para a ampliação. A informação da companhia reafirma o que havia sido antecipado pelo Secretário de Turismo do Estado, de que até Maio de 2016 a linha área Teixeira/Salvador já estaria em atividade.

A nova rota representa um importante avanço para a macrorregião de Teixeira de Freitas, com 780 mil habitantes de 13 municípios do Extremo Sul baiano, 10 do Extremo Norte capixaba e 12 do Nordeste mineiro. Além disso, a ampliação de voos potencializa as ações do polo de saúde que Teixeira de Freitas se tornou e também de Educação, concentrando duas universidades públicas e faculdades privadas.

Ainda em nota, a direção da Azul anuncia a retomada dos voos ligando Vitória da Conquista a Salvador e voos diários de Porto Seguro a Campinas e também de Porto Seguro a São José do Rio Preto (SP) e Presidente Prudente (SP), com estreia prevista entre abril e maio.

Bahia: Em cinco dias, casos de microcefalia sobem de 533 para 618

microcefaliaOs casos de microcefalia na Bahia subiu de 533 para 618, de acordo com boletim divulgado nesta terça-feira (2) pela Secretaria da Saúde do Estado (Sesab). Os dados vão de outubro de 2015 até o dia 30 de janeiro.

É considerado microcefalia o nascimento de bebês com perímetro cefálico menor ou igual a 32 centímetros. Na Bahia, 106 municípios registram casos suspeitos. Salvador tem o maior número de incidência (324), correspondendo a 52,4% do total de casos.

O maior número de mortes relacionadas à doença também é na capital baiana, onde três crianças já morreram. Dentre os 618 casos, foram notificados dez óbitos nos municípios de Camaçari (1), Itabuna (1), Olindina (1), Salvador (3), São Sebastião do passe (1), Tanhaçu (1), Itapetinga (1) e Campo Formoso (1).

A Sesab corrigiu o número de óbitos que constava no boletim divulgado no último dia 12. Segundo a pasta, as mortes anunciadas em Alagoinhas e Crisópolis, na verdade, correspondiam a registros em Salvador e São Sebastião de Passé.

A Sesab informou as ações de combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor do zika vírus, que é associado a casos de microcefalia.

O governo diz que diversas ações de pesquisa e desenvolvimento tecnológico estão em curso para combater o mosquito, dentre elas, destaque para o teste rápido para dengue e chikungunya.

A Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) fará aquisição de 200 mil testes rápidos para que seja possível identificar os casos de dengue e chikungunya e, por exclusão e exames clínicos, diagnosticar a zika, visto que até o momento não há teste em escala comercial.

‘Aborto já é livre no Brasil. Proibir é punir quem não tem dinheiro’, diz Drauzio Varella

drauzio (1)Médico mais popular do Brasil, conhecido por quadros na televisão, vídeos em redes sociais e best-sellers como Estação Carandiru, Drauzio Varella é categórico quando o assunto é a interrupção de gestações. “O aborto já é livre no Brasil. É só ter dinheiro para fazer em condições até razoáveis. Todo o resto é falsidade. Todo o resto é hipocrisia.”

Em entrevista por telefone, Varella critica qualquer enfoque religioso sobre o tema – que voltou ao noticiário junto à epidemia de zika vírus e aos recordes em notificações de microcefalia – e afirma que o cerne da discussão não está na moralidade, mas na desigualdade brasileira.

“Ninguém pode se considerar dono da palavra de Deus, intermediário entre deuses e seres humanos, para dizer o que todos devem fazer”, diz. “Muitos religiosos pregam que o aborto não é certo. Se não está de acordo, não faça, mas não imponha sua vontade aos outros.”

Como a BBC Brasil revelou na última quinta-feira, uma ação que pede a descriminalização do aborto em casos comprovados desta má-formação deve chegar ao Supremo Tribunal Federal, nos próximos dois meses. Segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde), uma brasileira morre a cada dois dias por conta de procedimentos mal feitos e um milhão de abortos clandestinos seriam feitos no país todos os anos.

“A mulher rica faz normalmente e nunca acontece nada. Já viu alguma ser presa por isso? Agora, a mulher pobre, a mulher da favela, essa engrossa estatísticas. Essa morre.”

“Proibir o aborto é punir quem não tem dinheiro”, prossegue Varella, que não acredita que uma eventual descriminalização possa estimular que mulheres busquem o procedimento.

“Não sou defensor do aborto e ninguém é. Qual é a mulher que quer fazer o aborto? É uma experiência absurdamente traumatizante, uma tragédia. A questão não é essa.”

Doação X Aborto

Também segundo a OMS, cerca de 25 países já registram casos de zika. Apenas Brasil e Polinésia Francesa, entretanto, têm dados comprovando o aumento de casos de microcefalia em recém-nascidos.

Varella diz não ter opinião formada sobre o aborto neste caso específico. “Na microcefalia, o diagnóstico definitivo é feito em geral próximo ao 3º trimestre. Você pega um feto aos sete meses e ele está quase nascendo”, diz. “Mas é lógico que eu respeito (qualquer decisão).”

“O importante é dar liberdade aos que pensam diferente”, afirma o médico. “Essa é a questão fundamental do aborto.”

Varella então levanta a pergunta: se a doação de órgãos em caso de inatividade cerebral tem aceitação popular, por que a retirada de um feto igualmente sem atividade cerebral é criticada?

Ele dá o exemplo de uma menina que sofre um acidente de moto e tem morte cerebral. “Ela pode, por lei, ter fígado, coração e rins retirados para doação, porque seu sistema nervoso central não está mais funcionando. O sistema nervoso central é o que determina a vida. Mas até o 3º trimestre de gravidez, não há nenhuma possibilidade de arranjo do sistema nervoso que se possa qualificar como atividade cerebral em qualquer nível, a não ser neurônios tentando se conectar.”

Drauzio continua: “Muitos consideram que a vida humana começa no instante da fecundação. Mas, por esse raciocínio, a então vida começa antes, porque o espermatozoide é vivo e o óvulo também.”

Religiosos e políticos

O médico faz críticas duras a quem argumenta contra o aborto a partir de princípios religiosos.

“O poder das igrejas católicas e evangélicas é absurdo”, diz. “Mas não está certo a maioria impor sua vontade. Respeitar opiniões das minorias é parte da democracia. Tem que respeitar os outros, o modo dos outros de ver a vida.”

À reportagem, Varella diz que discorda dos que culpam exclusivamente o governo pela epidemia.

“O estado brasileiro falha em muitos níveis. Mas não dá pra colocar a culpa toda no Estado, essa é uma visão muito passiva. Larga-se o pneu com água armazenada, deixa-se a água acumular na calha… Esta culpa é compartilhada, a sociedade tem uma fração importante nessa luta.”