Humanos que analisavam gravações de voz na Siri é suspenso pela a Apple

A apple no dia 2 de Agosto interrompeu um programa de voz, que era usado quando um usuário da empresa apple faziam interação com a assistente de voz Siri, que é disponível no Iphone.

Essa informação chegou logo após do Google anunciar que faria a suspensão da mesma pratica, fazendo uso e voz , pois o mesmo teria semelhança.

Foi tomada a decisão após noticiário de jornal, the Guardian, na qual comentava sobre a privacidade dos usuários da Siri. Informação a respeito foi constatada que contratados teriam acesso a todos as informações que era prestadas pelo assistente de voz.

O caso é incontroverso para apple , o presidente se pronunciou e disse que privacidade “é um direito fundamental.
Um caso parecido foi confirmado também que pessoas estariam estariam invadindo a privacidade dos humanos, em resposta diz que é pra saber a inteligência artificial.

Foi comunicado no dia (1º) de agosto que interromperia os projetos de audições e transcrição. A mudança terá um prazo de 3 meses, cuja ordem veio da Comissão de Proteção de Dados da Europa, em que a mesma fez todas investigações.

“O uso de assistentes de voz tem trazido risco aos usuários”, disse a Comissão Europeia.

A manifestação da Google surgiu após publicação me um jornal da Holanda anunciar que funcionários estariam invadindo a privacidade dos holandeses.

A empresa comenta, que é necessário fazer o acesso de e arquivos para que seja desenvolvida com mais praticidade e para trabalhar com a requisição em linguagem natural.

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *